quinta-feira, 14 de maio de 2009

"A semente é boa, e o terreno?"

Irmãos, sabemos que nenhum tipo de semente pode germinar num terreno impróprio. Por melhor que seja a qualidade do grão o terreno precisa ser adequado para o plantio, caso contrário os resultados não irão surgir.
Essa é a verdade ensinada pelo Senhor Jesus ao proferir a parábola do semeador (conforme Lucas 8:4-15). A semente é boa (ela é a Palavra de Deus – Lucas 8:11) e poderosa, mas isso não significa que se for jogada em cima de pedras irá produzir uma grande e frondosa árvore. Nós somos o terreno onde está sendo plantada essa semente poderosa, mas ela somente poderá gerar prosperidade, saúde e felicidade quando encontrar as condições para isso.
A forma como recebemos a Palavra de Deus é que vai definir se haverá ou não produtividade. Na referida parábola Jesus apresenta a existência de quatro tipos de terrenos, ou seja, quatro maneiras diferentes de receber a Palavra de Deus:

À beira do caminho. Essa é a designação dada à um coração duro e incrédulo, pré disposto à não aceitar o que é dito pela Palavra de Deus (Mat. 13:19). Essa pessoa possui uma mente armada para rebater o que a Palavra diz, será impossível o nascimento de uma árvore frutífera nessa vida, pois o terreno é inadequado.

Rochoso. Nesse terreno a Palavra de Deus não encontra condição de estabelecer-se com profundidade e criar raízes. São pessoas de vida superficial e sempre estão indispostos à mudanças profundas (Luc. 8:13).

Espinhoso. Esse é um dos tipos de terreno mais comum no tempo presente. São pessoas com espírito mundano, onde os prazeres e cuidados com as coisas dessa vida são mais importantes do que a vida eterna. A Palavra de Deus fica sem ar para respirar e sobreviver, pois é sufocada pelas coisas do sistema que opera no mundo (Luc. 8:14).

A boa terra. Esse é o terreno preparado para o cultivo. É aquela pessoa que possui um coração voltado para Deus e mesmo sem conhecê-lo em profundidade tem temor a seu respeito e está aberto para informações a seu respeito. Normalmente essa pessoa se aborrece com o mal e não tem prazer nas coisas relacionadas com o pecado. Aqui a semente encontra espaço e condições de produtividade.

Portanto, não se trata de argüir sobre o valor ou potencial da Palavra de Deus, mas se o terreno que a recebe é preparado para a produtividade. "Deus é zeloso pelo seu povo" e com certeza está zelando por você.

Deus te Abençoe!

Ricardo André

Nenhum comentário:

Postar um comentário