quinta-feira, 27 de maio de 2010

A BÍBLIA DE GRETCHEN.




Já falei por várias vezes que quem não lê Bíblia e entende da forma que quer, costuma falar vários absurdos e perdem a oportunidade de ficar calados. Gretchen foi uma dessas!

Por tentar interpretar a Bíblia da forma que querem, ou por simplesmente não lê-las, existem hoje no mundo mais de 5.000 seitas e centenas de religiões. Poderia citar várias só aqui do Brasil, mas o foco aqui é o despreparo de pessoas presunçosas que acham que sabem demais e desprezam a suficiência da palavra de Deus. Um exemplo disso foi essa entrevista que a Gretchen deu no programa "Superpop" da Luciana Gimenez, sem saber o que estava falando, jogou no ar um texto que dizia ser bíblico e fez daquilo sua argumentação para defender o que Deus abomina desde a criação do munmdo, que é o homossexualismo.


Notem que ela diz que não precisa ter a Bíblia no "braço", ironizando os crentes que vão à igreja com suas Bíblia embaixo do braço, e diz que a tem no "coração", dizendo ser conhecedora assídua da palavra de Deus. Solta aquela frase totalmente deturpada, dando margem a um sofisma. "Venha a mim do jeito que você é, e eu farei a obra." Para dar mais adubo a seu argumento, ainda diz "Todo mundo quer ser Deus". Verdadeiramente a hermenêutica de Gretchen é irracional. Ela conseguiu criar sua própria "Eixegese" de Mt 11:28 e assassinou uma boa interpretação textual ao seu belprazer.

Semana passada opinei sobre um ensino herético, onde no post estava escrito "Satanás, o servo de Deus". Tentei de todas as formas explicar a o sofisma daquele post, mas não obtive sucesso porque algumas pessoas oferecem sua próprias expressões personalizadas do evangelho, adaptadas e dirigidas por suas próprias presunções, mais popular do que histórica, mas pessoal do que coletiva, e mais experimental do que Bíblica. Como resultado, a palavra que ensinam é altamente pomposa, egoísta e individualista.

Sabemos que os seres humanos são finitos, e seres finitos cometem erros, e Gretchen não fugiria a exceção. É por isso que há borrachas para lápis, corretos para textos datilografados, a tecla “apaga” nos computadores e a teologia para Gretchen.

O apóstolo Paulo foi bem claro escrevendo à Timóteo em II Tm 2:15 "Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade."

Infelizmente nem todos manejam bem a palavra da verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário