quinta-feira, 2 de setembro de 2010

REPULSIVO...

Não é de se admirar que o presidente das assembléias de Deus no Brasil, o insigne José Wellington Bezerra da Costa, se misturou a sujeira política que assola o nosso país.

Dilma já declarou várias vezes que “o aborto é uma questão de saúde pública”, e que defende a união estável entre homossexuais “Sou a favor de que, do ponto de vista das suas relações, as pessoas definam o que elas acham mais adequado. Quem sou eu para julgar qualquer coisa? Depois de certa idade, a gente fica mais sábia” declarou.

Diante das tantas declarações feitas por Dilma Rousseff com relação à legalização do aborto bem como o casamento gay, pergunto-me como um pastor presidente de uma das maiores denominações evangélicas desse país defende, apóia, incita, aplaude e aprova a candidatura de uma candidata tão ecumênica como Dilma.

Não me adimira ver um auto-intitulado Bispo da índole de Edir Macedo com seus ensinamentos heréticos apoiar uma candidata como Dilma Rousseff, ja dizia o evangelista Daladier “O PT é a Igreja Universal da política, e a Igreja Universal é o PT da religião”. É incrível ver a cara-de-pau do então presidente das Assembléia de Deus no Brasil levar Dilma Rousseff para cima do púlpito, esta denominação que há anos sempre defendeu as diretrizes bíblicas e agora se deixa ser levada por um mercenário que a vende como banana em final de feira, isto sem falar no PNDH (Programa Nacional de Direitos Humanos) que está repleto de leis que oprimem o direito de liberdade cristã e encurralam a liberdade de expressão. É repulsivo esse José Wellington e o então deputado e pastor Manoel Ferreira, tudo farinha do mesmo saco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário