sábado, 22 de dezembro de 2012

SERVIR SEM INTERESSE

Certa mulher chegou um dia para seu pastor e chorando muito disse: "Pastor, durante quatorze anos eu e a minha mãe servimos ao Senhor. Oramos, pedimos e clamamos para que Deus acabe com um mal que vive em nossa família, e a nossa oração não é atendida. Jejuamos, saímos para pregar, fazemos a obra do Senhor com dedicação e esforço. Agora quero fazer-lhe uma pergunta Pastor. Adiantou esses quatorze anos de tanta dedicação ao Senhor? De que adiantou passar esse tempo todo na igreja, jejuando, orando, fazendo tudo certinho, se o mal ainda continua no nosso lar?"

O Pastor olhou-a nos olhos e disse: "Realmente irmã, não adiantou de nada". A irmã logo parou de chorar e ficou perplexa com a resposta do Pastor. Como é que um Pastor sabendo da minha história me dá uma resposta desta, logo ele sendo Pastor, pensou.

Foi quando o Pastor explicou: "Querida irmã, se você passou quatorze anos da sua vida servindo ao Senhor só para ele acabar com o mal que existe dentro da sua família, realmente não adiantou. Deus sabe na sua infinita sabedoria que a hora que você fosse abençoada, e este mal saísse de dentro da sua casa, você logo em seguida abandonaria a igreja e a Ele. Para ele não te perder e você sair da presença dEle, permitiu que este mal continuasse para você manter a comunhão com Ele. Faça o seguinte minha irmã, não sirva a Jesus por interesse, não queira estar na igreja só por um cargo, ou somente para alcançar uma benção. Sirva a Jesus por que você realmente ama a Ele, por que a vontade dEle na sua vida é o que interessa, mesmo que esta vontade não seja a sua, mas sirva-o de coração, pois tenho a certeza de que se servires ao Senhor sem interesse e de coração este mal logo acabará"

Sirvamos ao Senhor acima de tudo, embora que não alcancemos o que foi pedido, mas o Senhor que vê tudo e sabe de tudo sabe o que é melhor para nós. Entregue tudo nas mãos do Senhor e você verá que Ele guiará você por pastos verdejantes.

QUEM PODE SER UM DISCÍPULO?


Seguir a Jesus é um desafio difícil e exigente. Só uns poucos querem fazer o esforço para serem verdadeiramente discípulos de Cristo.
Os homens freqüentemente amenizam as exigências do discipulado. Num esforço desorientado para atrair mais seguidores ou para acalmar suas próprias consciências, pregadores e mestres freqüentemente fazem com que o discipulado pareça relativamente indolor. Não é. Jesus mesmo sempre advertiu francamente os futuros seguidores do custo do discipulado. Ele nunca tentou fazer discípulos enganando-os quanto ao que deles se esperava. Em Lucas 14:25-35, Jesus fala aos supostos seguidores. 

Ele fala não só das exigências especiais para os seguidores mas também encoraja-os a avaliar o custo antes que se comprometam. Ele sugere que seria loucura começar a construção de uma torre só para ter de desistir no meio, por falta de dinheiro. E talvez seria ainda mais louco declarar guerra e ter de pedir a paz antes da batalha, por estar com menos soldados. Assim, também, Jesus está dizendo: um homem tem que avaliar o custo antes de se tornar um discípulo dEle. As exigências que Jesus faz são: 1. Amar a Deus acima da família ou de si mesmo; 2. Carregar a sua própria cruz; 3. Seguir a Ele. Em poucas palavras, Jesus quer homens que o seguirão a todo custo. Nenhuma pessoa, nenhuma posse, nenhuma consideração de conveniência pessoal, conforto ou vida devem interferir no serviço de alguém a Jesus. É duro seguir a Jesus, mas vale a pena. 

Você é, realmente, seu discípulo?