sábado, 28 de setembro de 2019

Depressão: Uma dor na alma

Por anos alguns estudiosos tentam explicar a depressão como sendo uma crise existencial, com similaridades entre ansiedade e baixa auto-estima. Neste post quero abordar um assunto por demais visto na igreja cristã hodierna, chamada depressão espiritual. 
A sensação de vulnerabilidade a qualquer situação, sendo ela familiar; trabalhista; amorosa; social e por que não dizer pessoal. 

Vivemos em uma sociedade de pessoas com notória infelicidade: solidão, ansiedade, depressão, destruição, dependência; pessoas que ficam felizes quando matam o tempo que foi tão difícil conquistar. O interessante é que o sentimento de culpa por nada vem de maneira inexplicável, bem como a depressão que nós mesmos criamos, pois reclamamos de um abraço e nos trancamos em nossa casa.
Diante deste grande problema fica uma pergunta: Será que nos conhecemos a nós mesmos? Sabemos quais são as áreas específicas de perigo para nós? Sabemos a que é que somos especialmente vulneráveis?

1 - Você se conhece o bastante para saber quais as verdadeiras amizades que você pode confiar? Aquele amigo que não rir quando você está pra baixo do nada e compreende as suas frustrações; aquele que liga ou manda um zap pra você, mesmo você estando bem só pra escutar a sua voz e ter a certeza que estás bem; aquele que te chama pra dar um rolezinho e fica ao seu lado durante horas escutando seus lamentos sem te julgar e calado te abraça pra que você tenha um alento, mesmo que momentâneo. É... como é difícil nesta hora encontrarmos um amigo igual ao de Pv 17:17 "em todo tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão". Onde está este amigo que só vive ocupado? Onde está este amigo que você rola pra baixo todos da sua lista de contatos do facebook, Whatsapp, Instagran e do seu Smartphone? Como está difícil encontrar amigos de verdade não é?

Você se conhece o bastante para saber que não pode confiar seus sentimentos em certas amizades, e porque não dizer, em certos familiares, pois vão te julgar e falar que você está com frescuras e querendo aparecer. Talvez você só se conheça no interior do seu quarto, quando ninguém te vê e você se derrama em lágrimas por um motivo que nem você mesmo sabe.
A vontade de chorar aparece do nada, a solidão chega a doer no peito e você tem tanta ansiedade que tem vontade de sair gritando pelo meio da rua para tentar confortar a sua alma e extravasar este sentimento de culpa que te invadiu do nada.

2 - você sabe qual a sua área especifica de perigo onde você tem temor e tremor que alguém descubra? É apaixonar-se facilmente? É mentir compulsivamente? É gastar compulsivamente? É alguém no seu trabalho saber que você tem dificuldade de compreensão e o sentimento de que nunca irá conseguir exercer uma função a você atribuída? Medo constante de errar e fracassar? 

3 - Você tem exposto suas vulnerabilidades; seus medos; suas frustrações; suas angústias a pessoa certa? Amigo fiel você só acha em Cristo jesus. E se você pensa que essa depressão é falta de Deus; ou porque você não está indo na igreja o suficiente; ou porque não tem orado o suficiente... tire isso da sua mente. Por que não procurar ajuda de um especialista no assunto? Falta de oração? Certo, então vamos falar de Elias assentado debaixo do zimbro. Não tenho nenhuma dúvida de que seu problema era que ele estava sofrendo de uma reação ao que acontecera no Monte Carmelo (I Reis, capítulo 19). Abraão teve a mesma experiência (Génesis, capítulo 15). Por isso, quando alguém vem me falar que é por falta de oração, eu cito tais exemplos, dando graças a Deus; pois não escondeu ao mundo que seus escolhidos também tiveram esses sentimentos e por fim venceram com a ajuda de Deus.


Nestes dias, homens e mulheres estão prontos a se interessar por qualquer coisa que seja atraente. Estamos vivendo numa era de propaganda, e as pessoas estão prontas a crer em qualquer coisa que lhes seja dita. Elas crêem na propaganda, crêem no que ela lhes apregoa, e portanto, se elas vissem algo nos cristãos que lhes desse a impressão que tais pessoas estão vivendo uma vida de alegria, felicidade e triunfo, elas se ajuntariam em volta deles, ansiosas por descobrir o segredo de uma vida tão bem sucedida. Não é uma conclusão incorreta, portanto, deduzir que a razão de tanta gente estar fora, é a condição daqueles que estão dentro. Tantas vezes damos a impressão que estamos abatidos e deprimi­dos; de fato, alguns quase dão a impressão que tornar-se cristão significa que você vai enfrentar muitos problemas que nunca o preocuparam  antes.  Então,  olhando para  a  situação  superficial­mente, o homem do mundo chega à conclusão de que se pode encontrar mais gente feliz fora da Igreja do que dentro dela. Ele está errado, é claro, mas precisamos reconhecer que alguns de nós, pelo menos, somos bastante culpados disso que muitas vezes, porque sofremos de depressão espiritual e somos cristãos de alguma forma infelizes, pois deturpamos o evangelho da graça redentora de Cristo.

A depressão se manifesta de diferentes formas. O humor é uma delas. Não se engane. Uma boa gargalhada pode mascarar um enorme vazio na alma... É simplesmente um grito da alma nos informando que seu progresso está em atraso. A Depressão é excesso de passado em nossas mentes. Ansiedade excesso de futuro. O momento presente é a chave para a cura de todos oa males mentais.

Eu considero que é uma grande parte da minha chamada ao ministério, enfatizar a prioridade da mente e do intelecto em conexão com a fé; mas ainda que eu insista nisso, estou igualmente pronto a asseverar que as emoções, as sensibilidades, os sentimentos, obviamente são de importância vital. Fomos criados de tal forma que eles exercem um papel dominante em nossa formação. Na verdade, eu creio que um dos maiores problemas em nossa vida neste mundo, não só para cristãos, mas para todas as pessoas, é lidar corretamente com nossas emoções e sentimentos. Oh, a devastação que é provocada, a tragédia, a miséria e desgraça que encontramos no mundo simplesmente porque as pessoas não sabem como lidar com suas emoções! O homem é constituído de tal forma que suas emoções ocupam uma posição muito proeminente, e de fato, podemos dizer que talvez a coisa final que a regeneração e o novo nascimento fazem por nós, é justamente colocar a mente, as emoções e a vontade em suas posições corretas.

Quero ser bastante enfático no assunto que tange ao julgamento de alguns irmãos que dizem que cristão com depressão é falta de oração ou sinal de pecado. Elias orava pouco? Estava coberto de pecado? Eita profetazinho pecador aquele hein !!! Ora, por favor, menos julgamento e mais abraços. Observe que a história não faz muito sentido. Elias fugiu da morte e pediu a morte. Ora, se queria morrer ficasse onde estava que morreria, e se fugiu da morte não a pedisse. Jezabel manda um recado. O texto é acompanhado de um gesto: “Amanhã me façam os deuses”, com a mão passando pelo pescoço, “se eu não fizer assim contigo, se amanhã eu não te matar que esses deuses a quem eu sirvo me matem”. Então Elias, para fugir da morte, foge e depois pede a Deus a morte. Realmente não tem nenhum sentido, mas Elias está em profunda depressão. É a depressão que leva a pessoa a desesperar da vida e pedir a morte. É depressão que leva as pessoas a entregar os pontos por completo e não desejar mais nada.

Esta depressão de Elias vem num momento contexto completamente sem nexo. A história não bate. Ele acabou de enfrentar 450 profetas de Baal. Elias desafia os 450 profetas, despeja 120 litros de água em cima de um sacrifício de um animal e pede que caia fogo do céu. O fogo cai e consome, enquanto que os profetas de Baal ficaram pulando, gritando e se retalhando com faca durante quatro horas, pedindo que aquilo acontecesse. Uma vitória estrondosa, mas logo após elas Elias mergulha numa crise de depressão.

        Depressão não é necessariamente desânimo. Uma pessoa pode estar desanimada com o seu trabalho, desanimada (o que é trágico)  com o seu casamento. Desanimada com estudos, muitas coisas, mas estar empolgada com outras. A depressão é uma entrega de pontos. A pessoa está desanimada em todas as áreas. Não tem vontade de se envolver em nenhuma atividade, não quer comer, não tem sono, ou tem excesso de sono, porque a apatia traz o abatimento físico. Não tem entusiasmo em área nenhuma. É realmente uma entrega de pontos. Não raro, quando é muito aguda, a pessoa tem vontade até de morrer. É o que leva muita gente ao suicídio. Ou o indivíduo está absolutamente tresloucado emocionalmente, e não raciocina, ou alcançou um estágio de depressão tão profundo que desistiu do que é mais forte no homem, o instinto de sobrevivência. 

      Já que a luz das escrituras sabemos que a depressão  não advém de falta de oração, nem tampouco de excesso de pecado, quero neste post incitar aos leitores deste humilde blog cristão a abraçar mais e julgar menos. Cuidar daquele que de maneira sutil aparenta está mais abatido, mais quieto, mais solitário. Abracemos nosso irmão com sinceridade e paciência, sobriedade do assunto e disposição em ajudar, exercer o altruísmo conectado em cada um de nós através do Espírito santo. Julguemos menos e abracemos mais, menos individualidade e mais amor ao próximo. Menos egoísmo e mais amor fraternal. 

Vinde a mim todos vós que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei. Tomais sobre vós o meu jugo e aprendei de mim que sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para as vossas almas, porque o meu julgo é suave e o meu fardo é leve  – Mateus 11:28-30.

E as palavras de Jesus em João 14:1 e 14:27 

Deus vos abençoe !!!!!

Pb Ricardo André

Att: Nosso contato na medida do possível é tentar ser o amigo de PV 17:17 através do nosso e-mail albuquerque.ricardo02

4 comentários:

  1. Julgar menos e abraçar mais. Muito bom o assunto abordado .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é a premissa do cristianismo, amor ! Em um mundo onde existe muitos juízes para julgar causas alheias e a escassez do genuíno amor cristão, temos que prezar por abraçar aquele que grita em silêncio !! Paz de Cristo meu irmão ! obrigado por tirar um minuto do seu tempo e comentar neste humilde blog. Volte sempre !! Deus te abençoe !!!!

      Excluir
  2. Vdd meu irmão, sabias palavras vinda da parte do Senhor Jesus.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós.