sábado, 17 de abril de 2021

Olha a língua !!!

Observando a palavra de Deus, aprendemos que durante toda a história da humanidade nós deixamos de ser abençoados, e até de crescer espiritualmente por conta da nossa língua. Mas como assim? A palavra de Deus nos mostra no livro de Tiago que a
 língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno. Tg 3:6

                                                                                                                                                                                                                                               Quero aqui fazer uma pequena reflexão sobre o poder da nossa língua no curso da nossa vida. Muitas vezes a direção da nossa vida é guiada pelo que atraímos ao abrir a nossa boca para proferirmos palavras de bênçãos ou maldição.

O Inimigo é um psicólogo milenar e por isto sabe muito bem que quando pronunciamos as palavras, revelamos três coisas básicas sobre nós mesmos:

1. Caráter

2. Maturidade Espiritual

3. Estado interior

Nota:  Se analisarmos o que algumas pessoas falam, teremos a impressão de que a pessoa está com o seu interior  amargo.

 A Bíblia fala muito sobre a disciplina da língua. Vamos ver algumas figuras que expressam como ela pode ser usada.

1. Leme de navio. Tiago 3:4 - refere- se ao domínio, governo que o leme tem de levar o grande navio aonde quer.

2. Fagulhas: Tiago 3:5 - Quantas florestas são destruídas com o incêndio iniciado apenas por uma fagulha. Muitas igrejas estão "pegando fogo", por estarem impregnadas de pequenas fagulhas.

3. Chicotes:  Jó 5:21 - Surrar, torturar, machucar, açoitar. Às vezes é melhor apanhar do que ouvir certas palavras.     

4. Navalha:  Salmos 57:4 - Tem o poder de romper amizades &. Jer. 9:8


3 GRUPOS QUE NÃO DEVEMOS SEGUIR SEUS EXEMPLOS

A Bíblia nos mostra três grupos que não devemos seguir o exemplo:

a. Cochichadores:   Salmos 41:07 

b. Os abelhudos:     Êxodo 23:1; I Pedro 4:15. 

                        c. Murmuradores:    I Cor. 10:10. 

Todos nós somos tentados a falar mal dos outros, ninguém escapa. Veja a algumas causas disto:

1) Inveja: Provérbios 14:30 - Conceito:  O dicionário Aurélio diz: "Desejo de ter um bem alheio ou de ser como alguém, acompanhado de sofrimento pela incapacidade de realiza-lo".

2) Orgulho: São os que buscam alto promover-se, buscando qualquer artifício que esteja à sua disposição.  Alto conceito de que se faz da própria pessoa ou de algo ligado a si mesmo. Amor próprio exagerado. Altivez. Tiago 4: 6

3) Culpa:  É a violação de um dever jurídico. Falta voluntária a cumprimento de uma obrigação. Exemplo: O pastor chama alguém para corrigir, e esta pessoa começa a  justificar -se, alegando que alguém faz e outro faz. Isto é, tenta esconder o seu próprio erro.   Hebreus 9:14

Tem pessoas que só falam coisas ruins. Falam de si mesmas, do seu cabelo, da sua cor, aparência, estatura, falam dos outros e não veem coisas boas nas outras  pessoas, somente defeitos. Isto não agrada à Deus pois Ele nos chamou para abençoar. Entretanto, as pessoas não têm entendido a vontade de Deus e nas suas  bocas só proferem palavrões, gritarias, piadas imorais, pragas, etc. Esta atitude tem dado a Satanás a liberdade de fazer cumprir os seus desígnios que é matar, roubar  e destruir. Mas, principalmente para o povo de Deus, ele só vai fazer algo se nós dermos brecha para ele agir.  Efésios 4:27

  • Entregue sua língua ao controle do Espírito Santo.
  • Antes de falar pense: Como, onde, quando e o que vou falar.
  • Pense!  Sua língua reflete o seu Espírito?     

Deus nos ajude !

Crédito da magem: wallysou.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós.